img { max-width: 100%; height: auto; width: auto\9; /* ie8 */ }

quinta-feira, 2 de março de 2017

Caminhando pra Marataízes e Acampando no Camping do Siri- Espírito Santo

No verão de 2016, bem depois do carnaval, tiramos férias. Começa a baixa temporada e tudo fica mais fácil.

Nessas férias escolhemos conhecer o Camping do Siri em Marataízes, e depois subir a serra capixaba.

Com o "Audaz" carregado (nosso Ford K), partimos para mais uma acampada com a "Lindona e cia". 

Viagem tranquila daqui de Niterói/RJ até o Camping do Siri.

pela Rodovia do Sol.
 


Chegamos no camping que estava vazio. Nos foi dito que na semana anterior, a do carnaval, havia aproximadamente 4 mil pessoas no camping.
Não acreditamos, a princípio, nessa conversa do rapaz que nos atendeu na recepção. Como poderia um camping receber tanta gente?  Embora já tivéssemos pesquisado  sobre o Camping do Siri, não tínhamos a dimensão da sua estrutura.

De fato...o Siri é gigantesco! Ele ocupa toda a extensão da praia que tem o mesmo nome.





O camping é todo em área plana, bem demarcado e sombreado. Dependendo da localização da barraca, o carro fica pertinho. Existem muitos pontos de luz e locais para lavar louça.




Várias baterias de banheiro e chuveiros ao ar livre. 
Como estávamos praticamente sozinhos, os banheiros estavam limpos e organizados. Não sabemos como fica a situação dos banheiros quando existe uma população enorme.





Bóra dar uma volta pelo Camping do Siri vazio?










 









 












Nos dias que estivemos acampados não tinha funcionamento de restaurante. Mas, se levar sua estrutura de cozinha fica tudo certo. Existem mercadinhos próximos ao camping, como também local para a compra de gelo.

Nosso passeios foram:

- Conhecer a Lagoa do Siri, que fica bem perto do camping, indo em direção do centro de Marataízes. 




- Ir até a praia de Ubú e comer uma moqueca capixaba



Foram dias felizes que vivemos nesse camping.

O que vamos levar no coração?

A tranquilidade de termos uma praia só pra gente.



Os jantares na "Lindona" sentindo a brisa do mar




E uma curiosidade, pelo menos pra gente...
Vimos que algumas barracas tinham geladeira como numa cozinha de uma casa, como também fogão de 4 bocas e bujão de gás de 13 kg. Percebemos que era comum esses eletrodomésticos no camping, já que um senhor que varria o camping nos perguntou se a gente cozinhava no nosso fogareiro de uma boca.
Dissemos que sim e ele saiu rindo...


 Gostamos muito do Camping do Siri. Super recomendamos!

Saímos de Marataízes em direção à Serra Capixaba, que contaremos na próxima publicação.

Caminhando e Acampando em São José do Barreiro

Estou bem aqui...olhando pra esse post no rascunho..hoje dia 2 de março de 2017.

Acabou o carnaval  e 1 ano após, estou aqui  revendo a relação com o tempo. Tempo sem trégua... implacável... e vejo que o ano de 2016 passou..e o Caminhando quase não caminhou...a "Lindona" muito pouco saiu do armário. 

Bem...olhando esse post que já tá escrito, resolvi colocar no ar, porque sempre é bom relatar experiências e compartilhar, como também continuar a escrever o que aconteceu em 2016.

Sendo assim galera OLHA NÓIS AQUI TRAVEZ!!!!!UHUHHHHHHHH

De novo...mais uma vez... FELIZ 2017! (QUE OS DEUSES E DEUSAS DO MATO, DAS CACHOEIRAS, DAS TRILHAS, DAS MONTANHAS, DA CHUVA, DAS PEDRAS, DOS RIOS E PRAIAS, DAS ESTRADAS DE TERRA, DAS BARRACAS...ENFIM.... NOS PROTEJAM E QUE EM BREVE POSSAMOS CAMINHAR E ACAMPAR MUITO EM 2017!!!!!) 



Gente... ainda temos a última acampada de 2015 pra postar.
Fim de ano com obras em casa, as festas... enfim... o tempo não pára!
E como dizem que o ano só começa depois do carnaval, ainda temos tempo de fechar nossos roteiros de 2015... Sendo assim, FELIZ 2016!

Mas, se a proposta é mostrar o que vimos e poder ajudar alguém que esteja pensando em acampar nessa região durante o verão, vamos mostrar a delícia que foi conhecermos São José do Barreiro/SP e acamparmos no Camping Esmeralda.

Em novembro conhecemos uma região muito bonita: a do Vale Histórico dos Tropeiros. Escolhemos o município de São José do Barreiro por ter belas cachoeiras, como também fazendas históricas do período do cultivo do café do século XVIII.
Esta cidade acolhedora não é distante do Rio de Janeiro, o que nos fez decidir entre outras opções.
Assim, com a cidade escolhida fomos procurar  um camping que tivesse boa estrutura. Nos sites sobre Campismo obtivemos muitas informações e avaliações positivas sobre a Pousada/Camping Esmeralda.

Saímos de Niterói em direção a Barra Mansa pela Via Dutra. Seguimos para Bananal e depois passamos por Arapeí e pela localidade chamada Formoso (que fica em São José do Barreiro)









Chegando em São José do BarreiroA praça principal de São José é uma graça, como seu entorno também.




Da praça até o camping são 3 km, sendo que mais ou menos a metade dessa estrada é de chão (sem grandes dificuldades, já que não chovia)



Fomos muito bem recebidos pela Ana (filha de Dona Esmeralda). Nossa chegada começou  com o almoço no restaurante do camping. Comida caseira, muito gostosa. De vez em quando aparecem os macaquinhos que são conhecidos com Bob.

Essa acampada teve uma particularidade ... filha, genro e neta foram também. 

Diga-se que eles nunca tinham acampado e estavam estreando a barraca que tinham comprado na véspera da nossa viagem.




O camping é bem organizado e limpo. 

O carro pode ficar próximo a barraca




Vários postes com pontos de luz  (110 v) e água




Nascente com água potável





Lava pratos e lava roupas





Banheiros
Masculino: 7 chuveiros e 6 vasos sanitários.

Feminino: 8 chuveiros e 8 vasos sanitários. Espaço para fraldário
Em ambos contam com chuveiro elétrico para banho quente.




Não há cozinha comunitária no camping. Tivemos que comprar gelo engarrafado no pet. Se não quiser levar sua estrutura de cozinha, tem a opção de fazer as refeições no restaurante do camping, comunicando previamente o interesse de fazê-lo.




Se não quiser sair e ficar só no camping  tem o que fazer. Com certeza irá se divertir e descansar!


Futebol





Parquinho e área de jogos ao lado




Volei







Redes




Nos dias sem chuva aproveitamos para conhecer o Cachoeirão, que fica em Formoso





Almoçar na Fazenda da Barra da Cachoeira













Cachoeira da Usina



Conhecer o centrinho de São José







Teve também a noite da pizza no camping. Muito gostoso o ambiente aliado a simpatia da Ana.







O que vamos levar no coração: 
A galera de Pindamonhangaba, que conta com uma super estrutura para o acampamento. Nossos vizinhos bacanas e um olá especial para Fábio, Samantha, Cris e Júlia. Valeu galera!




Valeu  São José do Barreiro pela tranquilidade e beleza!







Valeu Camping Esmeralda, pela estrutura, organização e hospitalidade de seus gestores!