img { max-width: 100%; height: auto; width: auto\9; /* ie8 */ }

quarta-feira, 4 de março de 2015

Como tudo começou...


Tudo começou com a vontade de poder sair por aí levando a casa. Mas como?
Ah! um trailer... que tal?
O trailer dos sonhos: sala que se transforma em quarto, banheiro completo, cozinha equipada com tudo que se tem direito, ar condicionado, e por aí vai...



Mas, sonho desse porte é caro! Então... é barraca mesmo!!

Hummmm.... mas qual barraca?

Daí, quase 1 ano pesquisando sobre campismo, lendo blogs e sites que trazem informações, levando muito em consideração os comentários daqueles que tem experiência no tema.
Também elencamos alguns pontos importantes para nortear a nossa decisão, que foram:
1-  Já não somos tão novinhos para ficarmos engatinhando dentro de uma barraca, por isso optar por uma barraca com um pé direito que nos coubesse em pé;
2- Uma barraca com dois quartos para podermos dormir com espaço sem ter que dividir com bagagens;
3- Que a barraca tivesse uma salinha/varanda para podermos colocar 2 cadeiras de praia e mesa;
4- Que ela tivesse um tamanho, quando fechada, para caber na mala do carro;
5- Que aguentasse vento e chuva forte, evitando assim, alagamentos dentro da barraca;
6- Que não fosse difícil de montar, desmontar e que fosse confortável para nós dois e... "lindona".

Depois de muito analisar estes pontos e somando as opiniões de outros campistas ficou decidido: Seria a Quechua T6.2!



***Marcelle divagando:

Mas, tem outro ponto importante, que para mim é fundamental, para um acampamento com conforto: o banheiro (para ser mais precisa, o vaso sanitário). Não fico legal com essa questão, ainda mais com muita gente. Não dá! Trava tudo!
Imagina, de madrugada tendo que sair do quentinho da cama, em direção ao banheiro, meio dormindo e ter que voltar ainda sonolenta pra barraca? Tá arriscado eu entrar em barraca errada, olha que situação... 
Eu tenho muito problema com esse assunto... sei... sei... é psicológico. Mas, vamos combinar que o negócio é ser feliz e tinha que dar um jeito pra solucionar esse problema.
Então, nada como o pai Google pra me ajudar. Pesquisei daqui e dali... e EUREKA! Encontrei o Ecocamp da Nautika.
Pensei assim: se um trailer, motor home, barco, ônibus, utilizam esse sistema, por que não na barraca? Eu quero!!! Pronto... e resolvemos esse assunto com a chegada do Ecocamp. Agora a Lindona tem suite!!!! ebaaa!!!!



Outros itens que adquirimos para a nossa primeira acampada:
- A mesa dobrável com 4 bancos da Quechua;
- O fogareiro Frontier da Nautika  (achamos ser um equipamento seguro e também por ter acendimento automático);
- 4 tubos de gás da Guepardo;
- 1 solvente para banheiro Nautika;
- 2 lanternas BL 100 da Quechua;
- Uma caixa térmica de 28 lts;
- Lona aluminizada 4x5 m da Nautika,

Obs: Os produtos Quechua e a caixa térmica compramos pela Decathlon Online. Foi muito bom todo o processo de compra, onde pudemos monitorar  o caminho percorrido dos itens adquiridos até chegarem em nossa casa. Já o Ecocamp, fogareiro, a lona, gás e solvente compramos na Real Cross, que é uma loja virtual que vende equipamentos de aventura. Fácil e prático, e ambos entregaram dentro do prazo.

Gastamos um bom dinheiro, mas em produtos de qualidade!

Ainda temos uma lista de outros itens bacanas  que gostaríamos de adquirir que nos darão mais conforto, como: o colchão inflável Sleepin Bed Confort 140, o armário de cozinha com aparador de vento (ambos da Quechua) e o supra sumo do desejo (pra não ficar andando atrás de gelo) que é a mini geladeira de 24 L, bivolt.


***Marcelle divagando:

Mas, se no momento não dá pra ter a listinha dos desejos a gente dá outro jeito. Pra isso a criatividade é uma parceira e tanto... O móvel de cozinha com aparador de vento foi substituído por 2 estantes:uma de madeira com prateleiras desmontáveis e outra de plástico. Já o aparador de vento foi feito com um caixa de papelão forrada com papel alumínio... deu super certo! Levamos colchonetes mesmo, pq não aguentamos colchão inflável , daqueles com buracos,e que ficam sambando quando a gente se vira. 



Bem, mas tudo ao seu tempo, não é mesmo? Para a nossa primeira acampada com a Lindona já tínhamos o básico.

Continuando na dinâmica de um acampamento confortável ... Levaríamos outros itens importantes, como:
- panelas, frigideiras, pratos, copos, talheres;
- roupa de cama e banho;
- a comida fácil de transportar e fazer (mas sem ser o miojo)
- remédios;
- filtro solar, repelente, chapéus;
- cadeiras de praia;
- ferramentas e objetos úteis: agulha, linha, barbante, silver tape, prendedor de roupa, saco de lixo, tesoura... (coisas que poderiam nos socorrer em alguma eventualidade);

Para facilitar na organização elaboramos uma planilha, pra não esquecermos daquilo que nos seria fundamental, e evitarmos levar coisas desnecessárias.

Veja aqui a nossa planilha

Chegou a hora da arrumação no carro (que foi na véspera da nossa viagem). Vale mencionar que o carro em questão é um Ford Ka. Imaginem só? Toda a tranqueira para um carro tão pequeno. Detalhe: sem bagageiro! Ele é o nosso "Manoel Audaz"!

Caramba, não vai dar! Só milagre!

MAS DEU! tudo milimetricamente calculado.

Os equipamentos e caixas maiores foram na mala e no banco de trás do carro o que fosse "macio": colchonetes, roupas de cama e banho, barraca, mochila com roupas. Teríamos que levar as coisas no banco de trás sem impedir a visão do espelho retrovisor. Foi tudo bem acondicionado e amarrado com os cintos de segurança. Olhando de fora nem dava pra perceber a tranqueira no banco de trás.

                               

***Marcelle divagando:

O milagre tem nome: organização, sem pressa! Durante a semana que antecedeu a nossa viagem fomos organizando devagar, de acordo com a nossa planilha. Fomos colocando os itens menores em caixas organizadoras e deixando a vista, na sala, pra gente não se perder. Na véspera estava tudo separadinho e acondicionado, deixando o checklist pro final de tudo. Sem estresse e tudo bem arrumadinho.
Inclusive , durante a semana, fizemos as receitinhas do blog Camping e Cozinha. Receitas que já levaríamos pré prontas e que facilitaria muito nossa vida no campo, que foram as massas para as panquecas doces e salgadas, como também, o pão de queijo de frigideira. Desde já agradecemos galera do Camping e Cozinha!

E assim começamos este feliz Caminhando e Acampando e seguindo a canção. 

E lá fomos nós em direção à Picinguaba, distrito de Ubatuba, para uma semana inteirinha perto da natureza, na tranquilidade da Praia da Fazenda, no Camping Caracol.... mas isso é outra conversa pra mais de metro...



Saudações Campistas!

Caminhando e Acampando
e seguindo a canção










4 comentários:

  1. Saudações amigos!

    Muito bom seu post, cheio de detalhes, conforme íamos lendo parece que estávamos também comprando equipamentos e arrumando as tralhas, rsrs.

    Esperamos ler grandes histórias aqui, já adicionamos vocês em nosso blog.

    Abraços,

    Família Malas Prontas.
    http://campingmalasprontas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Que alegria receber a visita de vocês!
      Vocês nos ajudaram muito nessa nova empreitada de vida e só temos a agradecer. Que bom que gostaram do nosso espaço de troca de energia.
      Abraços fraternos.

      Excluir
  2. Marcelle , sensacional seus equipamentos , ate "banheiro" sua barraca tem ....
    Agora o melhor é caber tudo num ford Ka....
    muito bom.... apaixonada pelo blog

    beijo

    aline

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Oi Aline,

      Pois é, menina... esse banheiro químico é a glória na nossa vida na barraca. Não foi um equipamento barato, mas valeu cada centavo investido.
      A gente tá ficando expert em arrumação em carros pequenos, ou melhor, minúsculos. O melhor que cada vez mais tá dando mais espaço... Acho que podemos dar consultoria no assunto... kkkkkk.
      Beijocas
      Marcelle

      Excluir