img { max-width: 100%; height: auto; width: auto\9; /* ie8 */ }

sábado, 21 de março de 2015

Mais novidades para a "Lindona"

Pensar forte dá certo!
Energia que concretiza os desejos.... ai... ai... 

Aquilo que desejamos com muita força fica martelando na cabeça. E faz conta daqui e dali e... pronto! Agora 2 itens da lista de desejos foram adquiridos:

1- O armário da Quechua de 2 portas, com aparador de vento;


Quando se tem a proposta de cozinhar no camping a gente acaba levando caixas e mais caixas organizadoras para acondicionar tanto os mantimentos, quanto louças, talheres e panelas, não é mesmo?

Ninguém coloca isso no chão servindo de isca pra animaizinhos que não queremos ter por perto. Então, pra quem gosta de um café da manhã na barraca, lanches quentinhos, almoços ou jantares rápidos ou elaborados, precisa de uma estrutura para acondicionar os alimentos com segurança, pois o armário tem duas portas fechadas com zíper e possui ventilação com tela na parte de trás.

Assim, como gostamos principalmente do café da manhã na barraca e, dependendo da programação, rola um almoço ou um jantar bacana (não somos adeptos do macarrão instantâneo), essa aquisição nos proporcionou uma melhor organização na "cozinha".

Mas, quando se coloca tudo da "cozinha" dentro do armário, a gente evita ficar carregando pra lá e pra cá. Assim, o aparador de vento, que é acoplado no móvel, não foi utilizado, pois gostamos de cozinhar do lado de fora, pra evitar qualquer acidente dentro da barraca. Desta forma, colocamos o fogareiro em cima da mesa (que é fácil deslocar) e continuamos utilizando o nosso aparador de vento caseiro, feito de papelão e forrado com papel alumínio, que deu super certo.

O armário é bem legal e ajuda muito como apoio na hora da preparação das refeições. E tem também o fato da danada ser bonitinha e compõe o interior da barraca. Deu certinho no espaço lateral da "Lindona", embaixo da janela.






2- O Sleepinbed Camping140 - Quechua

Não tem coisa melhor que, no dia a dia, dormir em um colchão e acordar disposto na manhã seguinte, não é verdade? 

Em uma barraca não é diferente. No nosso ponto de vista tem economia que não compensa e que mais lá na frente vira transtorno.

Nesse caso, é dormir mal em um colchão inflável que dá dor nas costas, a coluna fica torta, o mal humor permanece durante o dia, e a economia feita comprando um colchão mais em conta acaba revertendo na despesa com médico, remédios e fisioterapia.

Daí, pensando dessa forma fomos pesquisando, como sempre, várias marcas de colchão inflável e também lendo muitas avaliações de outros campistas. Ficou decidido que o melhor colchão para a nossa vida no campo seria o  Sleepinbed Camping 140 - Quechua.




Caramba pessoas! O que é esse colchão?

Ele é bacana, com a proposta de ser quase um saco de dormir. Tem isolamento térmico, para uma temperatura de até 15 graus. Além do colchão, vem  o lençol, edredom e 2 travesseiros- tudo na mesma sacola.

O lençol reveste todo o colchão, como um envelope, e conta com ganchinhos na parte de baixo para acoplar o edredom (pra evitar ficar escorregando). Se quiser usar usar o edredom solto, sem prender, tudo bem.

O colchão é preenchido com ar através de uma bomba (que já tínhamos em casa, porque não vem junto com o kit), dessas com vários tipos de bicos e que é ótima pra melhorar a forma física enquanto se está no sobe e desce dos braços. Mas, é muito rápido o encher desse colchão e assim, não dá pra ficar com bíceps marombados e nem com a barriga tanquinho. 

O diferencial é que sua estrutura é feita de "gomos" horizontais, que dão maior resistência e ao mesmo tempo mais conforto para o corpo. Quando um se mexe de um lado o outro não se movimenta. É macio e gostoso para dormir, e o dia seguinte é sem qualquer tipo de dor no corpo. Dormimos com ele 3 noites e ficamos muito felizes com essa super aquisição. 

Uma dica para saber qual o limite de ar que devemos injetar: 
Antes de encher o colchão, colocamos o lençol. Assim, quando o lençol fica esticadinho e sem muita tensão é que já está na hora de parar de enche-lo.

Uma coisa que achamos que poderia ser um pouquinho melhor:
Os travesseiros são super macios, de tamanho bom, mas não vem com fronha solta. Com o tempo de uso é necessário lavar e pra isso é lavar o travesseiro todo. Assim, decidimos que vamos usar fronhas avulsas para termos maior durabilidade dos travesseiros.

Ah! esvaziar o colchão é chato e demora um pouquinho, tem que ter paciência pra poder colocar de volta na bolsa bem fininho. Pois é, depois vamos ter que comprar uma bomba elétrica que infla e desinfla o colchão... mas por enquanto é ficar de 4 engatinhando sobre ele pra esvaziar. Tudo bem! O Sleepinbed Camping 140 compensa esse pequeno sacrifício.

Saudações Campistas!

Caminhando e Acampando
e seguindo a canção...



Nenhum comentário:

Postar um comentário